Rude Cruz

Thiago Alves

Thiago Alves

Faroleiro, Designer e Redator do Farol

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
play_circle_filled
pause_circle_filled
Rude Cruz - Farol da Madrugada
volume_down
volume_up
volume_off

Certa vez fiquei impactado com um vídeo que vi na internet, sobre um cantor que explicava a história por trás de uma música muito conhecida. John Mark McMillan, ao relatar, emocionado, sobre o sentido de “How he loves us”, disse que sua canção não tinha a intenção de retratar um amor romântico, “hollywoodiano”, limpo e rosa. É sobre um amor que não é bonito. Mas como pode o amor não ser bonito?

O conceito de Estética tem uma origem filosófica e trata da beleza muito além do seu significado mais comum. Para filósofos como Platão e Aristóteles, beleza é mais do que “boniteza”. É a forma como algo toca você. O belo é a força com a qual uma obra de arte, uma situação, uma história ou qualquer outra coisa, comunicou algo a seu coração. Não necessariamente será algo suave, delicado ou terno.

Há algo incrivelmente belo na mensagem da Cruz e, definitivamente, não é leve, nem alegre, muito menos superficial. É sobre um Deus traído por seu amigo, abandonado por seu Pai e morto de forma violenta e humilhante. Um Deus que se fez homem de carne e osso, para matar o pecado em sua própria carne e vencer a morte, ressuscitando três dias depois. É sobre um Rei que foi entregue para morrer sob acusações injustas e, levando todo o pecado da humanidade sobre si, condenado em nosso lugar, sentiu a presença de Deus Pai o deixar, pois Ele é totalmente santo e não coabita com o pecado.

É para que a presença de Deus habite em nós cada dia mais e para que o pecado habite cada dia menos, Jesus morreu naquela cruz. Condenado perante Deus, sofrendo a ira da condenação em nosso lugar, e garantindo a nossa absolvição. Jesus nos amou tanto, que tomou nosso lugar, mas ressuscitou vitorioso, mostrando a beleza de um amor que vai além da vida, das circunstâncias, dos julgamentos e a pesar de nossas fraquezas. Toda vez que você se deparar com uma cruz, saiba que esta é a mensagem que ela carrega.

Se você quer saber mais ou entender melhor, fale conosco.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DICKSON BRIAN LISS
DICKSON BRIAN LISS
19 de abril de 2019 19:56

O projeto FAROL da MADRUGADA já fez, faz e fará diferença de transformação na vida de muitas pessoas…
Deus abençoe grandemente a vida de cada pessoa envolvida nesta Obra!!!

Sil
Sil
29 de abril de 2019 07:38

☝️

Sil
Sil
29 de abril de 2019 07:42

Lindo o hino

Mais Músicas:

Banda
Thiago Alves

Minha Luz

O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? Salmos 27:1

CONTINUE LENDO
Banda
Filipe Beyer

Metanoia

O que precisamos é de uma “METANÓIA”. Isso significa uma mudança radical da mente, a ponto dela não voltar ao estado inicial…

CONTINUE LENDO
Banda
Evilyn Rauen

A Folha

A música “folha” foi escrita em um dia comum, com poucas estrofes e com uma melodia simples….

CONTINUE LENDO