O novo ser humano

Evilyn Rauen

Evilyn Rauen

Faroleira, Redatora do Blog e Vocalista da Banda

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Costuma-se separar corpo, alma e espirito. Portanto, se partirmos do princípio que fomos criados por um mesmo criador, que também é trino, porém um só, sabendo que fomos feitos sua imagem e semelhança, podemos entender que somos, assim como Ele, uma amalgama composta de corpo, alma e espirito. O nascer de novo que tanto se fala, é um retrato belo, incompreendido, desejado e doloroso, da passagem do velho homem, que recebemos de nossos pais, uma herança a qual não escolhemos, eivada de atitudes e quereres que não controlamos, para um novo nascimento. A diferença crucial entre nosso primeiro nascimento, é a de que não escolhemos vir a este mundo, fomos colocados nele, e agora nos encontramos em um corpo cheio de impulsos e vontades, de uma natureza caída. O novo nascimento, propiciado por Cristo na cruz, nos dá a chance de escolher uma nova forma de viver, uma mudança de corpo, alma e espirito, que parte da entrega total da nossa existência para sermos mudados a ponto de usarmos o termo “morte” da velha vida, para dar lugar a nova criatura, um processo de dor e prazer, o que nos é familiar ”Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. ” 2 Coríntios 5:17 Naturalmente o parto envolve dor, força e choro, mas resulta em alegria e principalmente o milagre da vida. Esse é o retrato do novo nascimento, onde o nosso corpo é colocado a prova, nos fazendo deixar as velhas atitudes, causando desconforto e muitas vezes sofrimento, ao abrir mão daquilo que nossa carne ama, pois é de sua natureza caída amar o mal e as coisas deste mundo. Mas nada se compara a alegria de viver da forma como fomos criados para viver, o plano original feito para nossa existência. “Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada. ” Romanos 8:18. A partir do novo nascimento, passamos a ser compostos por um organismo vivo, distribuído entre todos os salvos no mundo, agindo como um só corpo, o corpo do próprio Deus agindo e nos tornando cada vez mais parte dele. “Assim nós, sendo muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros. ” Romanos 12:5 Quando entregamos nossa existência para ser transformada, o espirito do próprio Deus passa a morar dentro do nosso corpo, alma e espírito. Nos guiando, como a mão de um professor que guia a mão de seu aluno ao ensina-lo a escrever seu próprio nome. Ao se deixar conduzir, e aceitar que existe um professor que não só conhece, como criou todas as coisas, abriremos uma porta, que mudará para sempre a nossa forma de ver, ouvir, agir, VIVER! “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. ” João 8:32 A evolução humana tem apenas um caminho, um caminho resolutório que não trata apenas de corpo, ossos e espécie, mas de uma mudança drástica de mente, que flui através do corpo em atos de amor, que curam a nós e aos outros, que salva a nossa alma imortal, a qual viverá para sempre junto ao Pai e liga nosso espirito a Deus, nos tornando um só, e então surge uma nova espécie de ser humano, os filhos de Deus. “Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus. ” João 1:12,13

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of

Mais Textos: